Primeiramente é um sistema de transferências e pagamentos instantâneo anunciado pelo Banco Central, no fim de fevereiro, onde as transações podem ser realizadas em até 10 segundos, 24 horas por dia, todos os dias da semana.

As transferências entre contas bancárias sempre foram feitas através de TEDs (Transferências Eletrônicas Disponíveis) ou DOCs (Documentos de Ordem de Crédito), e os pagamentos de contas são realizados através de boletos, cartões e transações físicas através de dinheiro.

Essas operações bancárias geralmente levam dias para serem realizadas, além de gerar custos para os clientes. Um TED por exemplo, custa entre R$ 8,00 e R$ 16,00, e é aí justamente onde Pix faz a diferença.

Neste artigo, vamos explicar como vai funcionar o novo sistema que veio para revolucionar a forma de fazer pagamentos. Acompanhe com a gente!

Quando o Pix vai entrar em operação?

A partir de novembro de 2020, o que isso significa que todos os bancos e fintechs com mais de 500 mil contas ativas , precisarão se adequar para poder oferecer esse serviço. 

O novo sistema de pagamentos do BACEN (Banco Central) foi criado para facilitar a transferência de valores entre contas bancárias, o pagamento de boletos, contas e muito mais. 

Primeiramente, o grande diferencial está na agilidade e disponibilidade, pois as variedades de transferências disponíveis hoje, TED e DOC, são reduzidas tanto pelos horários e dias, quanto em quantia, enquanto o Pix permite que as transações sejam realizadas em poucos segundos, não interessa o horário ou o dia, além de baratear os custos de cada operação.

Como é o funcionamento do Pix?

Antes de prosseguirmos, é interessante lembrarmos como funciona os atuais sistemas. Até então, contamos com as seguintes modalidades de transferência:

TED

Transferência Eletrônica Disponível (TED) é realizada a partir do momento que dinheiro sai da sua conta e já cai no destino, contanto que seja realizada antes das 17 horas do mesmo dia, pois caso seja feita depois deste horário, o valor só vai cair na conta destinada no próximo dia útil. 

Uma outra desvantagem desse tipo de transferência é que, depois de realizada, não há como ser cancelada. Não existe um valor mínimo para TEDs e valores superiores a R$ 5 mil podem ser transferidos. 

emittePowered by Rock Convert

DOC 

Documento de Ordem de Crédito (DOC) é o tipo de transferência bancária que passa o dinheiro da sua conta para outra apenas no dia útil seguinte do pedido. Detalhe, caso você solicite a transferência depois das 22h, o dinheiro vai cair na outra conta dois dias úteis depois. 

O DOC só permite transferir quantias até R$ 4.999,99. A vantagem do DOC é que dá pra cancelar a transferência se você for até o banco. 

Os dois tipos de modalidades de transferência, por mais que sejam diferentes, funcionam apenas em dias úteis, o que significa que transferências realizadas em finais de semana ou feriados, só vão ser finalizadas no próximo dia útil.

Modalidades do Pix

O Pix veio mudar o cenário completamente, pois as transações são realizadas em tempo real, durante todos os dias do ano, 24 horas por dia.

O Banco Central, revelou quais modalidades vão poder ser realizadas através do Pix:

  • Estabelecimentos;
  • Entre pessoas;
  • Entre pessoas e estabelecimentos; 
  • Entidades governamentais.

Como usar o Pix?

Para realizar as transações é necessário que tanto quem envia o dinheiro quanto quem recebe tenha uma conta em um banco, uma instituição de pagamento ou uma fintech, sem ter a necessidade de ter uma conta corrente.

Chaves de endereçamento

É a nova forma de identificar o seu endereço bancário. As chaves são dados como telefone, e-mail, CPF ou CNPJ, que estão vinculados aos seus dados bancários. Através delas, o Banco Central reconhece sua conta no banco, autenticando suas transações bancárias. 

Como são feitas as transações via Pix?

QR Code estático 

Esse QR Code pode ser utilizado em diversas transações, podendo ser usado para transferências entre duas pessoas, por exemplo. 

QR Code dinâmico 

Enfim, o QR Code dinâmico é melhor para pagamento de compras, pois pode apresentar informações diferentes a cada transação, e também permite que sejam incluídos dados adicionais sobre determinada transação.

Logo estaremos com o Pix, o sistema instantâneo de pagamentos do BACEN disponível em nossa plataforma. O que promete revolucionar as transações financeiras no Brasil inteiro!

E aí, estão ansiosos com a novidade?