Consultar o status de uma nota fiscal eletrônica é essencial pois a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) é o documento digital que formaliza uma operação de circulação de mercadorias, como a compra e a venda de um produto. É muito importante que tanto o emitente quanto o destinatário façam a correta escrituração dessas notas.

Diante disso, podemos destacar que pessoas jurídicas precisam obrigatoriamente consultar o status da NF-e de entrada e de saída de mercadorias. Bem como garantir o armazenamento delas. Esse processo visa atender as exigências do fisco com relação ao pagamento dos impostos.

Pensando na importância desse processo para o bom funcionamento da contabilidade fiscal de uma empresa. Neste texto separamos as principais informações sobre a consulta da Nota Fiscal Eletrônica. Continue a leitura e confira!

Por que consultar status da NF-e?

Afinal, por que é importante consultar o status da NF-e? Primeiramente, esse procedimento é obrigatório para as empresas, pois a ocorrência de qualquer divergência com a nota fiscal pode causar problemas futuros com a fiscalização. Portanto, é necessário fazer o correto acompanhamento e armazenamento desse documento.

Por exemplo, você pode estar com uma nota que foi cancelada ou rejeitada. Nesse caso, ela não tem validade legal, pois a operação não foi declarada ao fisco. Portanto, você precisa entrar em contato com o emissor da nota para verificar o que aconteceu e solicitar a sua correta emissão. Além disso, a consulta pode ajudar na proteção contra notas frias, ou seja, aquelas notas emitidas sem o consentimento do destinatário.

Portanto, a consulta do status da NF-e é muito importante para a saúde fiscal das empresas. Bem como pode trazer muitos benefícios financeiros, já que evita o pagamento de multas relacionadas a falta de escrituração das notas e ao pagamento incorreto dos impostos.

Como consultar o status da NF-e?

O processo para consultar o status da NF-e é fácil e online. Para tanto, é necessário acessar o Portal da Nota Fiscal Eletrônica localizado no site da SEFAZ (Secretaria da Fazenda). Em seguida, você precisa inserir a chave de acesso da NF-e no local indicado no site. Esse código encontra-se na parte superior do Documento Auxiliar da Nota Fiscal, mais conhecido como DANFE.

O próximo passo é marcar o código captcha para provar que você não é um robô e, por fim, você consegue conferir os dados da nota fiscal. Bem como é possível verificar o seu status, esse é um procedimento muito importante, pois indica a validade desse documento. Além disso, pode ajudar a identificar possíveis problemas com a emissão da nota fiscal.

Após a emissão deste documento, ele é enviado eletronicamente para a SEFAZ, que atribui um status de acordo com a sua avaliação. Entre esses status, temos os listados abaixo:

  • Processando;
  • Rejeitada;
  • Denegada;
  • Cancelada;
  • Inutilizada;
  • Autorizada.

Essa consulta é muito importante para que você possa verificar se ocorreu algum problema durante a emissão da nota fiscal. Por exemplo, a nota pode apresentar um status de rejeitada se houver alguma inconsistência no seu processo de emissão, como a ocorrência de duplicidade. Ou, ainda, pode ser considerada denegada se o emitente ou destinatário tiverem irregularidades fiscais.

Se o status indicar alguma divergência, é necessário verificar o que aconteceu para corrigi-lo visando evitar problemas posteriores com a fiscalização. Porém, se o status apresentar que a nota foi autorizada, você pode fazer o download do XML e arquivar eletronicamente a NF-e por, no mínimo, 5 anos.

Por que é importante automatizar esse processo?

É importante mencionar que assim como existem os programas de emissão de nota fiscal, também temos no mercado softwares que são integrados com a SEFAZ para fazer todo esse processo automaticamente. Ou seja, esses programas fazem a consulta do status, bem como o download e armazenamento do arquivo XML da nota fiscal.

Além disso, esses softwares também ajudam a gerenciar outros documentos fiscais, como a NFC-e (Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica), a NFS-e (Nota Fiscal de Serviço Eletrônica) e o CT-e (Conhecimento de Transporte Eletrônico). Assim, a empresa economiza tempo e garante maior confiabilidade nesse processo.

Agora, você já sabe que consultar o status da NF-e é muito importante, não é verdade? Então, não perca tempo! Inclua esse processo no dia a dia da sua empresa. Lembre-se de que esse procedimento pode gerar muitos benefícios tanto para você quanto para os seus clientes.

Gostou de conhecer um pouco mais sobre as Notas Fiscais Eletrônicas? Então, assine a nossa newsletter e receba no seu e-mail conteúdos exclusivos como este.

emitte-testePowered by Rock Convert