Home / Contabilidade

Régua de cobrança: o que é, para que serve e benefícios

régua de cobrança

A régua de cobrança é uma ferramenta excelente para empresas que desejam gerenciar níveis de inadimplência e minimizá-los.

Infelizmente, no Brasil é comum que ocorram endividamentos por parte do consumidor. Segundo uma pesquisa da CNC, a PEIC, o número de inadimplentes no país chega a 12,1 milhões de brasileiros. 

Pensando nisso, os investimentos contra prejuízos relacionados à inadimplência são sempre muito bem-vindos, sendo a régua uma dessas opções de cobrança. 

Quer saber como utilizar essa ferramenta para diminuir os riscos de calote? Pois bem, separamos diversas informações ao longo deste artigo!

Leia Também: Controle de vendas: saiba o que é e como aplicar corretamente

O que é a Régua de cobrança?

A Régua de cobrança nada mais é do que uma técnica que mapeia todo o processo de dívida, assim como os passos do devedor até o pagamento.

Na prática, são adotadas estratégias de cobrança que permitem maior controle acerca de contas não pagas.

Diante de um cenário de crise, essa implementação pode auxiliar as empresas na diminuição de prejuízos pelos chamados calotes. 

A automatização e definição estratégica de cobranças também é uma grande vantagem desse método. 

Isso porque com ele é possível contatar o devedor por diferentes meios, com abordagens que façam sentido ao seu perfil. 

Trata-se de uma vantagem bem grande para os colaboradores da organização, que passam menos tempo buscando informações sobre o consumidor para desenvolver a comunicação adequada na cobrança. 

Podemos dizer que a utilização dessa ferramenta também melhora o ticket médio de seus clientes. 

Isso é explicado porque diminui os endividamentos e evita que eles deixem de pagar pelos produtos ou serviços. 

Como funciona essa ferramenta?

A ferramenta de cobrança funciona com diferentes aplicações, já que explora inúmeras funcionalidades. Isso envolve:

  • cronogramas; 
  • listas de contatos;
  • notificações;
  • programação de mensagens;
  • etapas de pagamento;
  • monitoramento do progresso com o cliente;
  • entre outros recursos.

Além disso, os pontos de contato com os usuários podem ser diversificados conforme suas preferências. 

Geralmente, o sistema pode interagir pelas redes sociais, e-mail, SMS e até mesmo pelo telefone do cliente. 

Com um contato inicial automatizado, os profissionais responsáveis por cobrar os devedores podem ter as informações necessárias centralizadas. 

Assim, em casos onde o cliente solicita contato o atendimento é agilizado e pode ser feito de forma muito mais fluida  com o devedor, em uma abordagem personalizada, como vimos. 

régua de cobrança e pagamento

Conheça os tipos de régua de cobrança

Assim como as formas de pagamento são diversas, os sistemas com cobrança em régua também podem ser feitos com diferentes abordagens. 

Vale mapear as preferências do consumidor para desenvolver um sistema personalizado para sua empresa. Além disso, inserir alguns métodos de pagamento nesse processo pode ser mais confortável aos devedores. Confira alguns deles:

  1. Por boleto bancário

O pagamento por boleto é muito utilizado por sua praticidade e pela acessibilidade que ele proporciona à população. 

Como o recebimento de valores por boletos não são instantâneos, é fundamental planejar a régua de cobrança considerando prazos mais largos. 

Como o documento possui prazos de vencimento, vale também planejar avisos que lembrem o cliente de realizar o pagamento antes de que o boleto vença. 

Caso o cliente não pague, também é possível planejar um link de pagamento ou oferecer a possibilidade de emitir um novo documento. 

Por fim, caso o atraso ultrapasse 1 mês, é possível programar a ferramenta para o envio de um aviso de negativação, dada a inadimplência com a dívida. 

  1. Por cartão de crédito

O cartão de crédito costuma ser um meio mais seguro para serviços e assinaturas com pagamento recorrente.

Como o valor é descontado automaticamente, não há a necessidade de programar os prazos na régua de cobrança da mesma forma que no boleto. 

Assim, caso o pagamento pelo cartão de crédito não seja efetuado por motivos técnicos, é possível enviar notificações ao consumidor. 

Assim como no boleto, pode-se programar as notificações periodicamente, encaminhando o aviso de negativação após 30 dias de inadimplência.

Vale ressaltar que tudo depende do produto ou serviço oferecido, bem como outras condições que variam conforme cada empresa.

Sendo assim, sempre é válido disponibilizar meios de contato para negociação ou mesmo para entender o que pode ser feito dada a situação do cliente. 

  1. Por débito 

Embora seja diferente para o cliente, o recebimento por débito em conta, na régua pode contar com um sistema parecido com o de crédito.

Isso porque, muitas vezes, a ausência de pagamento pode ocorrer devido a irregularidades com o cartão ou sistema bancário. 

Pensando nisso, o ideal é programar o sistema para notificar o cliente e relembrá-lo da dívida. Em seguida, o processo pode ser repetido conforme a programação do cartão de crédito. 

Quais os benefícios desse sistema de cobrança?

Uma das vantagens do sistema com régua de cobrança é o melhor acompanhamento dos indicadores financeiros de sua empresa.

Pense que, se tradicionalmente é impossível prever quais dívidas seriam pagas, com essa ferramenta torna-se muito mais simples antecipar possíveis atrasos. 

Consequentemente, para o empreendedor é possível fazer um planejamento financeiro mais preciso, melhorando seu controle de caixa. No mais, o sistema oferece outras vantagens aos negócios, como:

  • Relembra antecipadamente o cliente dos pagamentos;
  • Padroniza os métodos de cobrança;
  • Torna o recebimento mais simplificado;
  • Melhora a interação com o cliente.

Leia Também: O que é o regime de caixa? Entenda e saiba como funciona!

Como fazer uma régua de cobrança

Mas, afinal, como é possível desenvolver esse sistema de cobrança e colocá-lo em prática? Primeiramente, é fundamental adquirir ferramentas de controle financeiro e automatização de mensagens. 

O WhatsApp Business, por exemplo, permite que você programe mensagens padrões, que podem servir como forma de cobrança ao cliente. 

Vale também explorar ferramentas automatizadas de régua de cobrança disponíveis no mercado para automatizar o contato com o público. 

Não deixe de iniciar sua gestão financeira com a emissão adequada de documentos fiscais e controle de caixa que são oferecidos pelo Emitte.

Planeje seu negócio e simplifique a emissão de Notas fiscais hoje mesmo com o Emitte!

documentos fiscais

Conclusão

A régua de cobrança é uma estratégia que envolve automatizações e avisos, de forma a diminuir os níveis de inadimplência no negócio.

Sem gastar tanto tempo dos profissionais, esse monitoramento facilita a experiência do cliente e ainda diminui prejuízos ocasionados pelo não recebimento de pagamentos.

Ao adotar essa funcionalidade, há ainda um maior planejamento e controle financeiro do negócio. 

Conte sempre com o Emitte como um ponto de partida na gestão financeira e regularidade do negócio. 

Você pode se interessar também por: Controle de vendas: saiba o que é e como aplicar corretamente

Equipe Emitte

Somos apaixonados em aprender, ensinar e compartilhar conteúdo de qualidade para que o empreendedor continue evoluindo. Acreditamos que juntos podemos alcançar o sucesso através do conhecimento!

Pressione ESC para sair