Powered by Rock Convert

Todo gestor que pretende ter sucesso com seu negócio precisa saber o que é capital de giro. Resumidamente, esse conceito é a soma dos recursos financeiros que a empresa tem para sobreviver. Ou seja, se esse valor for positivo, significa que ela tem condições de se manter.

Compreender bem essa definição é primordial, seja você MEI ou outra espécie de empresário. É a partir desses pequenos passos que o empreendimento chega a uma boa saúde financeira.

Continue a leitura e descubra se seu negócio conta com um capital de giro positivo!

O que é capital de giro?

O capital de giro, como dito, é a soma dos recursos financeiros da empresa. Mas você sabe o que são esses recursos? Eles correspondem aos bens, direitos e obrigações que podem ser transformados em dinheiro em um curto prazo (aproximadamente 1 ano). Assim, seu resultado é obtido pelo cálculo de todos os ativos circulantes subtraindo os passivos circulantes.

Exemplos de ativos circulantes são dinheiro em caixa, aplicações financeiras, produtos em estoque, depósito bancário, matérias-primas e títulos. Já os passivos circulantes são dívidas com fornecedores, impostos, dívidas a pagar, empréstimos bancários, contas a serem pagas etc.

Qual sua importância?

Como o capital de giro é responsável por sustentar o negócio e, assim, fazer com que os serviços e produtos continuem funcionando, ele garante a saúde financeira da empresa.

Isso quer dizer que, se seu saldo total for negativo, ou seja, se existem mais passivos do que ativos, os gestores correm um risco grande de ter de fechar as portas.

Dessa forma, é importante fazer a gestão adequada, para que as providências possam ser tomadas ainda a tempo.

Conheça o EmittePowered by Rock Convert

Como calcular o capital de giro?

Bem, até este ponto, você deve ter entendido o que é capital de giro, mas é relevante saber, também, como calculá-lo.

Você consegue isso da seguinte forma:

  • CG = AC (ativo circulante) – PC (passivo circulante)

Assim, vamos supor que você tenha somado todas as contas do AC, como dinheiro em caixa, produtos em estoque e contas a receber dos clientes, em um prazo de 1 ano, e tenha chegado ao resultado de R$4 0.000.

Já no PC, você somou o que precisa ser pago aos fornecedores, fez uma estimativa de todas as contas a pagar (luz, água, folha de pagamento etc.) e dos impostos e chegou ao resultado de R$ 25.000

Na conta, teríamos o valor: R$40.000 – R$25.000 = R$15.000.

Ou seja, o seu capital de giro teria um saldo positivo, significando que não existem motivos para grandes preocupações.

Isso é importante, já que, por exemplo, imprevistos com dívidas podem acontecer (um equipamento estraga e você precisa consertá-lo). Além disso, não dá para ter certeza de que os clientes saldarão as parcelas na data certa, e, apesar disso, você precisa pagar as contas da empresa sem deixar o caixa negativo.

Assim, ao iniciar um negócio, é fundamental você saber o que é capital de giro e como realizar seu cálculo. Afinal, você não vai querer se arriscar a assumir dívidas exorbitantes, com que depois não conseguirá arcar, não é?

E por falar em ter saldo positivo, você sabe o que é fluxo de caixa? Descubra no próximo artigo!