O agronegócio é uma das principais fontes de receita no Brasil. Com a exportação de carne, vegetais, frutas e grãos, as vendas pecuárias e agrícolas representam 25% do PIB (Produto Interno Bruto) nacional. Mas os produtores rurais enfrentam algumas dificuldades. Entre as mais desafiadoras, está a logística do agronegócio, pois, com a falta de linhas ferroviárias, as empresas da agricultura dependem muito das estradas, tanto para levar cargas vivas quanto para levar cargas secas.

O nosso país tem condições climáticas e de solo favoráveis para a agricultura e para a pecuária em geral.

Deseja saber quais os desafios logísticos do agronegócio e como solucioná-los? Continue a sua leitura!

Quais são os desafios do agronegócio?

Garantir a rentabilidade e o crescimento do negócio é uma das preocupações dos empresários e investidores. Com as dificuldades encontradas nessa área, os produtores rurais precisam de preparo e conhecimento. Veja, abaixo, quais são os desafios e as soluções que podem ser aplicadas diante das adversidades.

Dependência do transporte rodoviário

A princípio, aproximadamente 60% da logística dos produtos do agronegócio no Brasil é feito por meio do transporte rodoviário. Até mesmo os demais modais, como o ferroviário, o aéreo e o aquaviário, dependem do transporte rodoviário, pelo menos até que a carga chegue até os locais de carga e descarga dos itens.

Os caminhoneiros, por sua vez, dependem das boas condições da estrada para conseguir entregar as cargas no prazo estipulado e com segurança. As condições de nossas estradas nem sempre estão boas, de modo que transportar soja, algodão, milho, café e outros produtos até o porto de destino é um verdadeiro desafio.

Como o transporte aéreo é utilizado apenas para produtos que estragam rapidamente, como as flores e as frutas, uma das soluções apresentadas para evitar perdas indesejadas por parte dos agricultores é a contratação de seguro para a carga. Outro fator que pode ajudar é trabalhar com prazos maiores de entrega.

Transporte de carga viva

Definitivamente um dos maiores desafios encontrados por aqueles que criam animais para o abate é o transporte de carga viva. Os animais não podem ser submetidos ao estresse, para que eles não acabem perdendo peso e não sejam confiscados pelos órgãos de vigilância que verificam o cumprimento das leis. Por essa razão, a empresa contratada precisa ser autorizada pelo governo estadual GTA (Guia de Trânsito Animal).

Contratar essas empresas autorizadas é uma possível solução para os problemas com a carga viva, que, por ser muito frágil, exige mais cuidados. Os profissionais encarregados do transporte dos animais dessas organizações são capacitados e farão um ótimo trabalho.

Perda de safra

O território brasileiro é imenso e, por causa da demora até que a carga chegue ao seu destino final, parte da safra poderá ser perdida. Isso ocorre devido a alguns fatores, tais como:

  • Maior tempo de exposição do produto ao calor, ao frio e à umidade;
  • Prazo de validade natural excedido.

Os índices de perda de safra no Brasil são altos, o que gera prejuízos significativos tanto para os produtores quanto para os cofres públicos, do mesmo modo que existe um desperdício de alimentos indispensáveis ao sustento de inúmeras pessoas. Portanto, trabalhar com soluções tecnológicas que auxiliem os produtores com a colheita antecipada, pode trazer benefícios para todos.

Descontrole da situação fiscal e contábil

Como os agricultores se dedicam muito à produção de alimentos e aos cuidados com os animais, na maioria das vezes, a parte fiscal e contábil fica desorganizada. Essa falta de organização pode se tornar um problema, pois isso caracteriza um distanciamento entre o produtor e os conhecimentos de gestão empresarial.

Para superarem esse desafio e cuidar da parte burocrática do negócio, alguns produtores rurais preferem contar com o auxílio de profissionais especialistas no assunto. As empresas de contabilidade são especializadas, cuidam de toda a parte de emissão de notas fiscais para o transporte das cargas e de toda a parte tributária.

Por mais que pareça bom contratar uma terceirizada para resolver essas questões, é muito mais interessante fazer a sua contabilidade sozinho. Isso se torna possível por meio da implantação de um software de gestão. Essa ferramenta vai auxiliar os produtores no gerenciamento de toda a sua empresa rural, seja ela pequena, seja ela média, seja ela de grande porte. Dessa forma, eles terão o controle de todo o seu empreendimento em suas mãos e não vão mais depender de terceiros para tratar das questões contábeis.

Falta de infraestrutura

A cada ano, a produção agrícola aumenta nos estados brasileiros, e como o sistema rodoviário e as estruturas dos portos do Brasil não suportam tanta demanda, os produtores também enfrentam um enorme desafio que está relacionados a logística do agronegócio.

Diante da precariedade da infraestrutura, o produtor rural precisa buscar formas eficientes e seguras para armazenar a sua produção. Uma das primeiras alternativas é a construção de locais maiores para armazenagem. Porém, isso requer tempo e também a disposição para investir capital em dinheiro.

Para garantir a produtividade, a tecnologia é uma ótima aliada desses produtores. Entre as principais opções, a agricultura de precisão tem se mostrado uma excelente alternativa. Ela trouxe consigo o uso de diversas máquinas inovadoras que fazem uma enorme diferença no dia a dia dos colaboradores do ramo do agronegócio. Veja abaixo quais são elas:

  • Sensores;
  • Drones;
  • Computadores;
  • Softwares interligados.

Apesar de serem tão úteis, alguns empreendedores do setor ainda não estão fazendo o uso dessas novas tecnologias. Saiba que as tendências tecnológicas formam propriedades rurais inteligentes e ajudam no monitoramento dos locais a todo o momento.

Enfim, os desafios na logística do agronegócio são muitos, mas, com uma boa gestão de produtos, o controle da estocagem e a distribuição adequada, é possível aliviar as consequências negativas. Os softwares de gestão também se encaixam na parte das soluções, visto que, com um bom sistema de emissão de nota fiscal, os documentos são emitidos corretamente e com bastante facilidade.

Gostou do nosso artigo sobre os desafios da logística no agronegócio? Leia também nosso outro postAgricultura 4.0: entenda o que é e quais as principais vantagens” e fique por dentro de mais esse tema interessante!