Muitas dúvidas existem em relação a Diferença entre Certificado Digital e Certificado MEI, gerando dor de cabeça aos novos MEI’s.

Primeiramente, Certificado Digital e-CNPJ, Certificado MEI, Cartão CNPJ não são a mesma coisa. O Certificado Digital (A1 e A3) é um arquivo eletrônico que funciona como uma assinatura digital para pessoas físicas e jurídicas, o Certificado MEI é um documento que certifica sua empresa como aberta e ele possui informações pessoais do titular da empresa e o Cartão CNPJ é um documento que contém todas as informações sobre a sua empresa.

Abaixo, você poderá aprender mais sobre esse tema, portanto, continue conosco até o final deste artigo e tenha uma ótima leitura!

Afinal, quais são as diferenças?

Essas dúvidas podem aparecer de forma rotineira para o MEI, com algo bastante simples como emitir uma Nota Fiscal, ou dar entrada em algum processo de sua empresa. Então vejamos as Diferenças entre Certificado Digital e-CNPJ, Certificado MEI, Cartão CNPJ.

Certificado Digital e-CNPJ

É sua identificação no meio eletrônico e permite realizar diversos serviços. Por meio da criptografia usada no certificado, o arquivo pode ter a sua autenticidade verificada, ganhando validade jurídica e fiscal.

Além disso, o documento pode ser assinado digitalmente, evitando idas e vindas do escritório para o cartório. Desse modo, os profissionais e as empresas ganham tempo, economizam dinheiro e obtêm uma boa vantagem competitiva em relação à concorrência.

Os certificados digitais são divididos em dois tipos: A1 e A3. O A1 é disponibilizado em formato digital, como um arquivo que é instalado no computador ou sistema que fará a emissão de notas ou outro serviço.

O A3, por sua vez, funciona por meio do uso de uma ferramenta física, como um cartão ou um token — um dispositivo parecido com um pen drive. Para ser usado, é preciso que o aparelho seja conectado ao computador, ou seja, é necessário estar sempre com ele em mãos para poder usá-lo.

Os emissores de certificado digital se chamam Autoridade Certificadora, assim, é necessário buscar por uma. 

Quais os benefícios?

Após escolher o tipo do certificado, faça o pagamento e o cadastro para, em seguida, agendar uma validação presencial. Nessa ocasião, será feita a instalação no sistema e deverão ser entregues documentos que comprovam as informações cadastradas. Como o certificado é um dispositivo de segurança e tem validade jurídica, é preciso estar com a documentação correta da empresa.

Depois da comprovação de documentos, um código de segurança será enviado via e-mail ou instalado em seu token (pendrive). 

Alguns dos benefícios:

  • Alterações contratuais, se houver;
  • Comunicação ágil com órgãos importantes — Prefeitura, Governo do Estado, Receita Federal e INSS, Etc;
  • Contrato social, estatuto da empresa ou requerimento de empresário;
  • Eleição da diretoria atual e documentos de estabelecimento, se for o caso;
  • Executar transações bancárias;
  • Fazer procurações;
  • Outros documentos específicos referente à atividade da empresa;
  • Ter acesso ampliado no site da Receita Federal do Brasil (RFB).

Certificado MEI (Microempreendedor Individual)

É um comprovante que certifica que sua empresa está aberta, além de comprovar a sua inscrição no CNPJ e Junta Comercial do seu Estado, valendo como alvará de funcionamento do seu negócio. Além disso, consta também no documento a informação de alvará provisório, com o prazo de validade de 180 dias, podendo se tornar definitivo caso a prefeitura aprove.

Para saber se é necessário solicitar o alvará definitivo, o microempreendedor individual (MEI) deve ir à prefeitura de seu município assim que formaliza a abertura da sua empresa. A documentação varia de acordo com cada município, e alguns negócios podem precisar de uma vistoria da vigilância sanitária ou do alvará do Corpo de Bombeiros.

O Certificado MEI não permite a emissão de nota fiscal, pois o mesmo é só um comprovante, sendo necessário o Certificado Digital e-CNPJ para a emissão de nota fiscal.

Cartão CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica)

O cartão CNPJ traz os dados de cadastro da sua empresa na Receita Federal. É utilizado por pessoas físicas e jurídicas interessadas em verificar qual é a situação dela. Ele serve para identificar se o estabelecimento está devidamente cadastrado e ativo com o Fisco, servindo como comprovante de sua existência e regularidade. É uma espécie de RG da sua empresa e pode ser utilizado em diversas situações:

  • Abertura de conta corrente de pessoa jurídica;
  • Solicitação de empréstimo bancário;
  • Solicitação de financiamentos em nome da empresa;
  • Cadastro da empresa nos órgãos públicos;
  • Regularização da empresa com os órgãos públicos;
  • Participação em licitações públicas;
  • Cadastro em fornecedores para parcelamento de compras.

Lembrando também que, o Cartão CNPJ não permite a emissão de nota fiscal, pois o mesmo é só um comprovante, sendo necessário o Certificado Digital e-CNPJ para a emissão de nota fiscal.

Agora que você já sabe a Diferença entre Certificado Digital e Certificado MEI e Cartão CNPJ, é só continuar se mantendo bem atualizado sobre as informações em nosso blog. Também assine a nossa newsletter e não perca as novidades!

Siga-nos nas redes sociais — estamos no Facebook e no Instagram.